26 setembro, 2011

Ogrices



Não gosto de pensar que sou uma pessoa tão grosseira. Mas, quando a paciência chega ao limite é, realmente, difícil abrir mão de uma rudeza. Ser tão gentil o tempo todo cansa tanto. Ou nunca percebeu que sorrir demais faz as bochechas doerem?

Penso, às vezes, que esse jeito desagrada tanto a todos, que estes mesmos acabam por se agradar desses modos questionáveis. Vai saber. Tenho pra mim que as pessoas são intimamente meio-que masoquistas. Gostam de se sentir oprimidas e maltratadas. Qual outro motivo levaria alguém a conviver com um ogro em pele macia? Esses defeitos são tantos e tão gritantes que, por ora, nem se tem notícias de qualquer qualidade que faça parte dessa personalidade forte e bruta. Acontece que todos os íntimos acabam adquirindo escudos e pedras, para garantirem sua segurança, mesmo que isso acabe ferindo. É que no imaginário do público, ogros têm casca dura e não se machucam com pontadinhas ferinas e palavrinhas cruéis. Mal sabem todos que o calcanhar de Aquiles nem é tão mito quanto parece e que, algumas vezes, as pessoas carecem de ser elogiadas e não tão-somente ofendidas.

Mas, esse comportamento já está fundamentado na essência do homem, doa a quem doer. Quem é ogro de verdade?

-beijosdeshrek;*

6 comentários:

Lorena Dana disse...

Eu sou um pouquinha ogra, principalmente quando entro em conflito de interesses com outros ogrinhos hehehe

Maíra disse...

Realmente, a criatividade vai longe né juh ;)
confesso que a minha parte ogra, existe e as vezes desperta ;x
mas só as vezes, acho que eu consigo é despertar essa parte ogro em outras pessoas ;x aahauhuah

muito bom o texto, mas concordo está na essencia do homem ;x
se cuida, ótima terça-feira
Beijos :*

Kakau4ever disse...

Eu sou, hahaha...mas, quero mudar! bjoks flor

Camilla Martins - http://sugar-dance.org disse...

Olá... gostei do blog. Clean *-*

Tem vezes que não dá pra ser paciente o tempo todo KKKKKKKKKKK

Bjo (:

Fique com Deus <3

pequena disse...

Eu não tolero ogrice não rsss Se me tratar mal falo na hora q não gostei e exijo desculpas kkkkkkkkkkkkkkkk

bjos amiga linda, como sempre adoro suas reflexões rss

Biih disse...

Olá Juliana Marton!
Minha parte ogra só se manifesta de vez em quando, rs.
Li o texto que você escreveu para um site sobre jornalismo e amei! Depois de refletir bastante, decidi que vou prestar jornalismo. :D
Beijos!

Postar um comentário

 
;