15 agosto, 2010

Nerds em série #1



De alguns tempos pra cá, os nerds entraram em evidência. Tamanha foi a notoriedade alcançada que vários setores tiveram que se adequar à "nova categoria". As mudanças começaram na moda, passaram ao cinema e não pararam por aí. Se antes os nerds eram aquelas pessoas nonsenses em todos os sentidos, hoje eles ganharam novas perspectivas e até nomeação.


Além disso, com a difusão dos geeks (nerds + tecnologia), os nerds viraram uma referência e até um tipo de "febre" entre os mais suscetíveis a modismos, além do que, a massificação da "classe nerd" fez muitas pessoas identificarem-se e passarem a conviver uns com os outros. As coisa mudaram tanto, que até no campo dos relacionamentos os nerds ganharam algum tipo de vantagem. Já que, muitas garotas, começaram a vê-los como algum tipo de deuses do saber escondidos dentro de algum tipo de robô desatualizado.

Bom, os nerds também ganharam as telas, tanto da Tv, em seriados cômicos (ou não), quanto do cinema, em filmes bem produzidos. Com isso, também surgiram as diferenciações dentro da "classe nerd". Se antes achávamos que todo nerd era estranho, fechado e mal-vestido, hoje vemos que nem todos eles compartilham as mesmas características e/ou personalidade. Ok! Eles ainda continuam estranhos, mas de uma forma segmentada; ou seja, há vários níveis de estranheza, fazendo com que cada um identifique-se com um tipo ou outro.

Outra coisa que também mudou foi o quesito mulheres. Hoje, elas também ganham o status de nerd e alcançam um patamar diferenciado dentro dessa nova sociedade. Nerds não são mais coisa do passado ou de laboratório (como muitos ainda acreditam). Além do mais, eles não são tão mal-vistos quanto emoscoloridos outras categorias que é melhor não nomear pra não causar confusão. Os nerds ganharam espaço. E nada fora do comum do que dá-los nome e visibilidade.

-beijosinteligentes:*

p.s: A intenção aqui não é depreciá-los, que fique claro.

9 comentários:

Lorena Dana disse...

Adorei XD
Antes eu odiaaaava ser chamada de CDF ou nerd na escola. Hoje eu acho até um elogio!

Danielle Moraes disse...

Oi, Ju!
Meu curso é na área de informática, sou muitas vezes única mulher na sala e já me acostumei com esses rótulos de nerd, mas a verdade é que juro que não sei se sou uma! Hehehe Beijos pra você.

Évelin disse...

Confesso que meninos com trejeitos de nerd me encantam.

tony disse...

acredito que seja o rótulo mais forte dos últimos 10, 15 anos. Mas é um ciclo, quando o conceito que temos hoje de tecnologia [e de quem entende delas ser nerd / geek], vira mainstream e "perde a graça". E não há grupo algum que não tenha sua estranheza, heheh... ótima semana o/

João disse...

Existe hoje em dia um hype nerd/geek, o que é meio estranho pra quem gosta de coisas nerds desde pequeno. Mas admito que é engraçado ver que subitamente as coisas que eu sei sobre o Lanterna Verde passaram a soar menos esquisitas e mais "legais".

Anônimo disse...

"Além disso, com a difusão dos geeks (nerds + tecnologia), os nerds viraram uma referência e até um tipo de "febre" entre os mais suscetíveis a modismos..."
Se tem uma coisa que um NERD de verdade não importa é MODA ! E um Geek não é qualquer adolescentezinho que estuda alguma área da informática ou que goste de Eletrônica, muito menos um que goste de jogos eletrônicos! O termo Geek era usado para classificar um certo tipo de nerd que era mestre em resolver problemas relacionados e telecomunicações, Sistemas Operacionais, Sistemas Distribuidos e coisas do tipo. Inclusive um Hacker era consideradoa "versão do mal" de um Geek! Hoje em dia esses termos estão bem distorcidos e qualquer mero estudante de graduação de algum curso de informática hoje acha que é Geek !
Ninguém escolhe ser Geek, e ninguém se torna um Geek do dia para a noite, assim como também ninguém escolhe ser Hacker e nem ser torna um Hacker do dia para a noite!
Sabe por que ninguém encontra um Geek ou um Hacker pelas ruas?
Primeiro que aqui no Brasil praticamente não existe esse tipo de ser, segundo que eles seguem um certo padrão de personalidade, e uma de suas características marcante é que não gostam muito de sair de casa! Terceiro que as pessoas imaginam algum adolescentezinho babão feeera em tecnologia, mas na verdade a aparência física dele será um homem já de idade avançada provavelmete com muitos cabelos brancos e que passou grande parte da vida atrás de livros de circuitos digitais, de microeletrônica analógica/digital, que desenvolve algoritmos como ninguém, e pode ter certeza, será alguém super humilde!

Desculpem minha falta de habilidade para escrever!

Há, mais uma característica, ele não saberá escrever bem e terá sérios problemas para expressar com palavras aquilo que ele entende!

Carlinha disse...

Acho que o ruim é que vira modinha! As pessoas começam se vestir e tentar ser o quer não são, apenas por que todos mundo tá fazendo a mesma coisa!

pequena disse...

Amei o texto flor rsss E eu sou uma nerd que não gostou muito do modismo pq muita gente ´se faz de nerdpela casca mas não pelo conteúdo né? rss rsss

xerim

Larissa disse...

Sendo moda, febre o que for. É uma tendência natural. Principalmente na era em que vivemos. As pessoas passam a apreciar e dar mais atenção a coisas que antes não tinham tanto crédito e reconhecimento - apesar de serem importantes, essenciais ou até mesmo divertidas. Mesmo sem ligar muito e dando um exemplo meio bobo, depois que comecei a assistir The Big Bang Theory passei a achar Física e Aquaman as coisas mais divertidas do mundo.
Falei muita besteira. :*

Postar um comentário

 
;