26 fevereiro, 2009

Yes, man X No, thanks



Quer uma dica? Assista Sim, senhor, com o Jim Carrey. Muito bom, cara. A melhor descrição de uma crise entre dizer sim e não. Todas as possibilidades de novas vivências aliadas a todas as experiências ruins a serem evitadas. O que um sim pode proporcionar e o que um não pode evitar. Essa é a discussão que cerca com muito bom humor Sim, senhor. Além de ter uma pitadinha de romance [a atriz que interpreta a Allisson, que vocês veêm acima e abaixo é muuuito fofa. Lembrou-me muito da Chuck, de Pushing Daisies].


No fim, além de você dar umas boas risadas das situações bizarras a que Carl (Jim Carrey) sujeita-se, dá pra fazer uma boa reflexão sobre os prazeres do sim, e os benefícios do não. Sinceramente, eu ainda prefiro muito mais o não, mas o filme me convenceu que se faz muito necessário dizer sim a algumas coisas, mesmo que o futuro pareça incerto e ruim. Lembra-se?



As aparências enganam.

Quer saber? Dizer sim, às vezes, pode ser uma ótima idéia. Vai por mim, em 2 dias eu tenho 2 bons resultados. Tá que, para alguns, seria a resposta óbvia, mas o que é lógico pra mim, pode não ser pra você, e vice-versa. Talvez a partir de hoje eu me arrisque mais... nunca se sabe o que um sim pode acarretar no fim. Afinal, a vida é ou não é feita de ação e reação? Talvez seja a hora de você e eu dizermos sim àquilo que evitamos tanto, só pelo fato de ser assustador demais, ou incerto demais.



[Ambos momentos de uma viagem espontânea dos 2 a Lincoln, Nebraska]


Ok! Chega disso, né. Assista ao filme. Talvez você não vá ter uma reação de pensamentos em cadeia como eu tive, mas rir, eu garanto, que você vai, ok [Para as meninas, estritamente, o melhor-amigo do Jim Carrey é lindo, demais. *que sorriso... uh-uh*].
Ficadica;]


Agora uma seçãozinha de outras dicas. Achei que tem uns caras precisando de uma ajuda.


Dicas para se conquistar uma mulher/garota:


1. Tire-a para dançar na oportunidade, e não pise no pé dela;
2. Não a trate como um brother, mesmo que ela pareça um;
3. Não escreva errado. Sério, na dúvida: existe dicionário on-line, queridos. Não hesitem, ele está sempre pronto a ajudar, e até a conjugar os verbos por vocês.


Só nessa brincadeirinha você já garante pelo menos uns pontinhos-extras. Vai por mim, ok.
Se eu tiver mais dicas, pode deixar que eu me disporei a ajudá-los nessa árdua tarefa que é conquistar um garota.
Até lá, virem-se com essas daí, que eu tenho certeza já foram de GRANDIOSÍSSIMA ajuda.


-beijonãomeliga-


p.s: Sabe como é... telefone nunca foi pra mim.

3 comentários:

Dana Malua disse...

Ai, Juh! Adoro seus textos hauahauah
Enfim, eu bem que queria dizer sim, mas para dizer sim, alguém tem que te perguntar alguma coisa ñ é hauahauah
Depois te conto.

Ah, uma grande coisa para ajudar meninos a ganhar pontinhos conosco: Entrem na comunidade "Aprendam com Edward Cullen". hauahauah É sucesso na certa.

Bjo!
=***

Paula Falcão disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkk

*Ai... ai.. o comentário da Dana me mata.*

Sabe, Ju... gosto dessa idéia de se permitir, mesmo que vc dê com a cara na porta. Confesso.. já fui as otimista e mais alegrinha, mas to tentando voltar as bouas. Vai que tem algo de muito bom só aguardando por um SIM.

Dica para os guris?
Não sou boua conselheira. Sério mesmo.


;* bjuju.

Pâm Gonçalves disse...

Ri muito do comentário da Dana!

Concordo com o seu texto, ele me fez pensar. Muitas coisas eu deixei de viver por medo do desafio, da mudança ou medo de errar. Masse eu tivesse arriscado estaria agora bem melhor.

Tenho que arriscar mais e dezer mais "Sim's" :)
Aaah meninos, não podemos fazer um manual para vocês nos entenderem. É tudo questão de experiência e convivio com nós mulheres.

Postar um comentário

 
;