19 fevereiro, 2009

E onde fica a emoção?

Sabe quando a lâmpada da idéia acende? Ou então, quando dá aquele estalo e você compreende alguma coisa?

Isso aconteceu comigo hoje. E foi muito bom, diante de uma série de acontecimentos que me deixaram extremamente chateada, mas que não vêm ao caso afinal. Enfim, eu entendi *mas, de verdade* que tudo o que realizamos tem que ter emoção, e que sem ela, as coisas tornam-se monótonas, insípidas, sem-graça, e passam esses sentimentos adiante.

Um bom exemplo disso são *no caso dos apirantes a escritor (a), como eu* os textos que produzimos, as histórias que contamos. Quando você não trata aquilo como um pedaço de si, o produto fica desvalorizado. É a mesma história de sempre, se você mesmo não valoriza seu trabalho, quem vai valorizar?


Entretanto, às vezes, não é um caso de desvalorização verdadeira, só uma falta de entusiasmo, ou algo do tipo. Às vezes *quem tá cansado de 'às vezes' levanta a mão*, pode ser que a gente até se empenhe, mas o resultado mostra que não foi o suficiente.

Mas a emoção das coisas não deve ser forçada. Não! Pelo contrário, ela deve ser plantada e cultivada. É claro que nem sempre vai sair do modo como queremos, ou precisamos que seja, mas arriscar é sempre uma boa tentativa. E, além de tudo, tentar construir a partir dos pequenos detalhes algo de valor, pois são nas particularidades - seja de uma situação, de um lugar, de uma pessoa - que estão as verdadeiras obras de arte. Só espero alcançar esse nível de percepção, para que, enfim, a emoção aflore de mim, e contagie todos a minha volta.

Pratique. Começando aqui mesmo, no Juliana,ever.


O que de mais simples o (a) deixa emocionado (a)?

p.s: Eu sei que vocês se lembraram. Por que eu deixaria passar, né? ... Ah, são tantas emoções. *ha-ha* :D

4 comentários:

Kia MeL disse...

Sempre fico emocionada quando compro alguma coisa, qualquer coisa que eu compro fico emocionada depois até mesmo uma balinha (hihihi)
Beijos**

Paula Falcão disse...

Kia... consumista!
Se bem que a frase : "Seu cartão de crédito está liberado" é música pra mim.
;D

Coisas inacabadas me causam emoções estranhas, confesso. Adoro.

;*

Kia MeL disse...

te indiquei um selinho passa la e pega
Beijos***
;D

Carlos Alexandre disse...

Sabia que eu assino embaixo de tudo o que vc falou?

Poizé, assino!

Beijo.com.saudade

Postar um comentário

 
;