25 julho, 2011

Fifty












Andavam de mãos dadas pelas ruas. Cheirosos, nervosos. Como se fosse o primeiro encontro, mas era sempre assim com os dois.

Conversavam descontraidamente, até que pararam de andar. Naquele final de tarde a rua estava vazia. Sentaram-se para ver a vida. Colocando a mão em sua face, ele a puxou delicadamente até bem perto de seu rosto. Ela estava nervosa, como se aquela fosse a primeira vez que ele lhe roubava um beijo. Ficaram parados ali por alguns minutos, olhando-se fixamente. Muito próximos, muito íntimos. Um carro passou pela rua, quebrando o silêncio entre os dois.

Completavam cinquenta anos naquele dia. Aquele, definitivamente, não era o primeiro pôr-do-sol a que assistiam, nem o último seria ainda.

-beijosdacarochinha;*

6 comentários:

Stephanie Martins disse...

Awwwwwn, arrepiei aqui. <3
Que lindo.
Feliz dia do escritor, btw :)

Carlinha disse...

#Quelindo
o "senta, que é história..." é um dos segmentos do blog que eu mais gosto, e sempre que abro e tem aquela imagem inicial sei que vai ser coisa boa... e não foi diferente dessa vez!
Um amor desses parece até coisa de cinema, mas eu ainda quero acreditar que coisas assim possam acontecer nessa vida que chamamos de real!!
beijos júu.

Danni disse...

Que fofo! adoro casaiszinho de idosos! Coisa tão fofa! E quando estão brigando? Meus avós são engraçados, sempre tem um que "dá de ombros" =D
Boa semana!!

Kakau4ever disse...

Quero ser assim no futuro. Tão in love.
bjoks

Bih disse...

Olá Juliana!
Amei o post! Lindo, fofo e mega romântico! *-*
Beijos!

Luísa Grando disse...

OOwwnnn...

Postar um comentário

 
;