19 setembro, 2010

Diálogos #9



- O que nos trouxe até aqui?

- Então, não faz idéia?
- Lembro-me que andávamos silenciosos. Mas, foi isso, de fato?
- Não.
- O quê, então?
- Depois.
- Quando?
- Quando desistiu de tentar e permitiu que aquele ponto fosse o final.

-beijosfictícios;*

6 comentários:

Cristin disse...

Desistir, é sempre a decisão do ponto final!
Bj bonita, boa semana!

Larissa disse...

Este diálogo é um dos motivos pelos quais eu pretendo nunca me casar.

Carlinha disse...

Ei júuu!!
é tão ruim quando o ponto final chega... ainda mas por desistência de apenas um dos lados.

Maria Luisa disse...

Esse diálogo me fez pensar em coisas acontecidas anteriormente, as quais não são muito boas. Porém, Jú eu precisava vir aqui visitar minha melhor leitora :) Arrumei um tempinho e vim. A-M-E-I o post sobre nerds, o melhor sem dúvida é o Sheldon!

bjs e Bazinga!

tony disse...

É... ficar por ficar é certeza de se estar em lugar algum.

dos Nerds em série: o Sheldon só "funciona" por que faz todos os outros personagens de escada, e garante o "núcleo" do sucesso ao complementar o que os três e a Penny têm de melhor. Sozinha, a personagem fica só com a infantilidade como destaque. Colocar a Penny com ele é fazer friends-geek, dispensável. Os outros não aocmpanhei taaanto assim...

[obrigado pelo elogio ao texto :)] beijos!ac
[ah, off-topic: linda foto no perfil do blogger, adorei =)]

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Não correr atrás é uma placa gigante de que pro outro acabou mesmo.

Ju, agradeço muito o elogio lá no Néctar... ficamos contentes demais.

até mais.

Jota Cê

Postar um comentário

 
;