14 janeiro, 2010

Resoluções de Aniversário a la Bridget Jones



Terminei de ler O Diário de Bridget Jones (Muito bom, por sinal. Recomendo!) justamente alguns minutos após começar o dia em que "comemorei" 21 anos. Há mais de duas décadas *cara, o tempo passa...*, momis dava a luz sua segunda filhota, justo no dia do aniversário do primogênito *sim! meu irmão mais velho e eu sopramos velinhas no mesmo dia, grata*. Pra falar a verdade, não sou das mais fãs de aniversário. Nada a ver com aquela parada de que a gente fica mais velho e talz. Vou tentar explicar...

O fato é que é apenas mais um dia. Você não envelhece, amadurece, cresce, aparece *hahaha. licença poética mode on* de um dia para o outro. Dentro de um ano, você aprende inúmeras lições, a cada dia você amadurece um pouquinho e etc. Então, EU *Juliana* não vejo sentido em comemorar aniversário. Pra mim faz mais sentido... Ah, esquece! Por mais que eu tente, ninguém vai entender e eu ainda vou passar por doida. Quer dizer... Eu já estou passando por doida (dã).

Voltando a Bridget... Por ter terminado o livro justo no meu aniversário, e a minha querida personagem ser uma das maiores fãs de resoluções de que já ouvi falar, resolvi fazer as minhas resoluções do dia de aniversário, só pra relembrar um pouquinho da história do livro que eu, definitivamente, amay. E quem sabe, dar um gostinho de eu quero em quem ainda não leu a obra de Helen Fielding.



TERÇA-FEIRA, 13 DE JANEIRO:
3 SMS, 5 scraps, 1 depoimento, 5 tweets, 1 comentário, 2 emails institucionais com descontos, 3 chamadas não atendidas, 4 chamadas atendidas, 1 chamada atendida de pré-aniversário (12/1), 1 almoço de pós-aniversário (14/1), 1 dia de folga (Muito bem aproveitado no Hot Park), 2 ombros queimados pelo sol (Fica a dica: use MUITO filtro solar!), 87 páginas de O Senhor dos Anéis v.1.

2h. Feliz aniversário pra mim. Vamos ver se consigo quebrar a tradição de longos anos e ter um feliz aniversário de verdade. Ainda não consegui dormir lendo O Senhor dos Anéis. É fato que li O Diário de B.J. até agorinha. Mas, quero logo começar a ler A Sociedade do Anel. Não vejo a hora em que Legolas vai aparecer. É claro que é porque eu fico pensando no Orlando Bloom, mas quem liga, ele é um gato mesmo.
2h30. Okey. Minhas pálpebras estão pesadas. Sem possibilidade do Tolkien parar de falar de Hobbits e seus pés peludos. Se eu contar até 3 já estarei no décimo sono.
6h10. Minha mãe acaba de me chamar. Eu ia levantar daqui 5 min. Mas, parece que a vontade de chegar no parque é tanta que nem posso dormir mais um pouquinho. Eu já estava acordada. O @rafazildodias me mandou mensagem logo 3 min antes dela entrar no quarto. Vou pro banho já.
7h. Ainda não pegamos a estrada de fato, e meu estômago já está me irritando. Vou deitar e dormir. Melhor do que ficar esperando a náusea se apossar de mim.
8h. Uma chuva horrível nos pegou no meio da viagem. Meu irmão está super-tenso dirigindo, mas meu estômago ainda está reclamando. Vou continuar dormindo. Se acontecer alguma coisa, pelo menos acordo no céu.
8h45. Chegamos a Morrinhos. Vamos parar pra comer alguma coisa, o que é ótimo já que eu ainda estou enjoada. Meu irmão quer Coca-cola. Minha cunhada não quer deixar, mas ela não vai conseguir impedir. Isso é um fato!
9h30. A fila está enorme! E deve ter pelo menos umas duas excursões gigantes de criancinhas aqui. Meu irmão e eu vamos até a bilheteria mostrar nossas identidades. Fazer aniversário é bom nesses lugares. Você ganha a entrada!
10h20. A Praia do Cerrado... Delícia! Está ainda melhor que da última vez O melhor é que nem está muito sol, mas eu passei bastante filtro solar nos ombros que é onde eu sempre queimo mais.
11h. Perguntei para um moço quantas horas. Já estou com fome. Mas, pelo visto vou ficar assim até às 2h, quando os outros decidirem comer.
11h30. Adoro esse lugar! A única coisa ruim é que tem que andar demais.
13h. Já pegamos umas 3 ondas aqui na "praia". Minhas pernas começam a incomodar. Mas, estou firme e forte... e com fome!
13h45. O atalho até o restaurante está bloqueado. Vamos ter que fazer o caminho normal e mais longo.
14h40. Okey. Estou empanturrada. Mas, ainda vou comer a sobremesa. Tem um pavê me chamando ali.
15h30. Quando desci no Half Pipe com meu irmão mais novo, ouvi todos que ficam só olhando (Por que eles fazem questão de ficar nos olhando e rindo da gente, ao invés de ir experimentar um pouquinho dessa droga chamada adrenalina?) rindo de mim e uma mulher gritando: " - Olha a cara dela!". Reencontramos o casal-grude. Vamos para a piscina de boiar de novo. Lá a água é quente e dá pra ficar sentada na sombra. Meu irmão mais novo já está enjoado de mim, posso sentir.
16h10. Meu irmão quase não acreditou que já são 16h. Eu disse a ele que se quiser ir embora, estou satisfeita comigo e com o passeio.
- Você tá doida? - ele respondeu.
- Não! Se não a gente vai chegar super-tarde e, se você vai dormir até as três da tarde, azar, eu trabalho amanhã - às vezes eu fico sensível demais e isso altera a minha delicadeza.
Minha cunhada fez cara de que não gostou, e no fim eu vou perder, de qualquer forma. Antes das 19h a gente não sai daqui.
17h20. Na praia de novo! Deve ser a última onda que eles vão ligar.
- Depois dessa a gente vai embora, okey? - falo ameaçadora para meu irmão.
- Tá! - ele responde rispidamente.
Eu sei que sou chata. Mas, tenho certeza que eles vão enrolar horrores na hora de sair e a gente vai chegar em casa depois das 21h.
18h15. Já tomei banho. Já troquei de roupa. Já penteei meu cabelo seco de cloro e sol. Já passei filtro solar nos meus ombros queimados. O casal ainda está de traje de banho, tirando fotos pelo parque. Eu falei que eles iam enrolar. E... vou adivinhar: minha cunhada vai tomar banho ainda.
18h35. Uma mulher estava trocando de roupa bem na porta do banheiro. Tive que correr lá e avisar que as partes delas estavam bem à mostra. Ela ficou um pouco constrangida, mas bastante agradecida.
- Você viu ela lá? - meu irmão perguntou quando voltei para o banco em que estávamos sentados esperando.
- Quem? A R*?
- É! - falou impaciente.
- Nossa! Nem olhei.
Voltei para dentro do banheiro, ela ainda estava passando creme nos cabelos. Saiu uns 5 min depois e me pediu a escova de cabelo emprestada e me emprestou seu pós-sol. O que foi uma mão na roda, já que meus ombros não param de arder.
19h. Estamos na estrada, até que enfim. Vou dormir de novo. Já sei que a viagem é demorada e não estou a fim de passar mal de novo.
20h40. Chegamos a Hidrolândia.
- A cidade natal do Aquaman.... A cidade mais hidratada do mundo... A cidade...
- A cidade que nunca fica na seca!
Meus irmãos insistem em fazer piadinhas. ao menor sinal de vida do meu celular, liguei para a momis pra avisar que estamos a caminho de casa. Mas, que devemos chegar após as 21h.
- Tá bom, filha! - ela respondeu.
Minha querida amiga Popps, que também faz aniversário no mesmo dia que eu, também me mandou mensagem! Quando chegar em casa vou escrever algo bem bonito pra ela.
21h. Não dormi mais desde a ligação. Sempre fico animada de chegar em casa. Não sei porque, não tem nada de mais... Meu celular está tocando.
- Filha, nós estamos no Shopping. Vocês têm chave, né? - é meu pai.
- Aham... Mas, o que vocês estão fazendo aí? - digo assustada.
- Vendo umas coisas. Até mais.
Desligou o telefone.
21h50. Meus pais ainda não chegaram. Isso é estranho. Nós achamos que eles foram comprar um bolo pra cantar parabéns pra gente. Meu irmão mais novo disse que a gente está viajando e que quando eles chegarem sem bolo nenhum. Abri meus emails, orkut, twitter, facebook, tudo. Já vi que recebi algumas mensagens legais.
22h30. Vou dormir, aliás ler. Meus pais, de fato, não trouxeram bolo e eu ainda tive uma pequena discussão com meu pai, só pra variar um pouco [/ironia].
23h55. A @luizaseabra ligou a pouco. Ela ligou mais cedo, mas como o celular estava na mochila dentro de um armário, eu não vi tocar, claro. A @danamalua é uma graça. Me mandou mensagem, tweetou, deixou scrap... Gracinha.
Meia noite e meia. Meus ombros estão me matando. E a qualquer sinal de contato com o lençol parece estar arrancando a pele. Isso que dá ser transparente. Cansei de ler e vou dormir. Amanhã (hoje) tenho que ir trabalhar e não vai dar pra ficar molengando, se não o pessoal da empresa pode grilar. Vou vestir uma roupa com mangas, pra ninguém ficar perguntando se eu me queimei no sol. Minha tolerância pra esse tipo de pergunta costuma ser zero. Melhor não arriscar.

-kissdon'twishmeahappyBday;*

p.s.: Sim! Eu não anunciei meu aniversário. Eu sei o aniversário dos meus amigos e não preciso de Orkut pra me lembrar. Fica a dica! ;]

5 comentários:

Nana Cawaii disse...

Você me lembra o jeitão do meu namorado.
Que não faz questão de comemorar o aniversário dele.
Até entendo seu pensamento, mas como aniversário se comemora apenas 1x ao ano, aproveitar não faz mal à ninguém, certo?
Gostei desse modo de contar seu dia, hahaha tem até horários marcadinhos.

Beijão!!!!

João disse...

Um texto grande, totalmente pessoal (sei lá, o que é mais pessoal do que o aniversário da gente?) mas muito divertido de ler. Não vou desejar parabéns and stuff, teu dia rendeu um post bem legal.

pequena disse...

AI... bota aí na sua continha uma amiga esquecida que me ama muito me desejou feliz niver atrasado? rsss

Desculpa flor, terça feira foi super corrido e quando cheguei em casa a noite nem liguei o pc...
bjos grande pra vc e (como desejos de felicidades não precisam de datas especiais) desejo um caminhão imenso de tudo que seja bom e sincero pra vc flor!

Muita paz, muita luz e muito sucesso, pq vc é fofa, cativante e positiva rs

Amei a forma como vc contou seu dia, participei dele assim rsss bjooooooooooos flor!

Carlinha disse...

Oh... juli, pode chamar de Juli?? Não achei doideira não, nunca tinha pensado dessa forma... bem interessante! Faz todo sentido, mas acho que esse negócio de niver, é mais sobre comemorar o nosso dia sabe? Mesmo que por exemplo para vc... que nasceu no msm dia q seu irmão(o dia não pareça ser seu),mas veja como um dia único, só seu. É o que marca o início de tudo, da sua trajetória, e depois de tudo que vc aprendeu e cresceu nos outros 364 dias do ano... então acho que é um dia para se comemorar pelos outros dias do ano...

dora disse...

Poooxa ju! quanto tempo! Feliz aniversário, hmmm... 2 dias depois! hehehe. eu sei que você não quer, e que não e especial. mas é uma convenção humana, na qual é praticamente obrigatório cumprimentar o aniversariante.

Sabe que eu já tive essa impressão, mas sobre uma outra data? O ano novo. Não vejo por que as pessoas adoram tanto a virada em si, já que não muda nada. Acho que a mudança, o crescimento e o "aparecimento" (rs) vem com o tempo.

beeeijo

Postar um comentário

 
;