16 fevereiro, 2011

Instinto












Dois dias depois ele acordou com a cabeça latejando. Podia ouvir o barulho do chuveiro.

Olhando ao redor procurava rastros que indicassem o que o trouxera até ali. Sobre o criado havia um molho de chaves e da poltrona pendia um vestido dourado. Ainda deitado, observou uma linda mulher deslizar até a cama envolta em um roupão. Aconchegou-a em seu abraço e aspirou o cheiro floral de seus cabelos ruivos. Instintivamente abriu a gaveta do criado ao seu lado e apalpou um objeto frio. Ela falava alguma coisa, quando ele a deu um beijo ácido e seus lábios tremeram num grito silencioso. Ele se levantou e vestiu o smoking que estava lançado no assoalho. Pegou as chaves e olhou uma vez ainda para a bela mulher aninhada na cama úmida. Deixou-a fria; o carro estava na calçada do outro lado da rua.

-beijosdacarochinha;*

7 comentários:

João disse...

Juliana, você pode não ter notado, mas acabou de escrever uma cena de um filme do James Bond.

pequena disse...

uau... imaginei tudo aqui na minha cabecinha fértil rss
Flor recebi seu convite de formatura e queria muito ir te prestigiar nesse momento. Mesmo sem a presença física te desejo todas as coisas boas da nossa profissão viu?

bjo linda Ju!

tony disse...

e eu lembrei do começo de Psicose, que só vi dia desses, praticamente como uma versão alternativa. Texto dili!
do entre elas: toda e qualquer vez que eu ler HSM eu vou pensar em alguma universidade, local ou gringa.

bom findes, beijo!

pequena disse...

Miga linda vim te dar um bjo e desejar bom fim de semana!
xerim

zé disse...

parabéns para nós, certo?

Say disse...

Ótima descrição de sensações =]
Ótima semana pra vc Ju
^3^

Karol disse...

oi flor, passei pra dizer que tem um sorteio relampago bem legal lá no blog: um corpete todo bordado em paetês, modelo idêntico ao usado pela ex-bbb Cacau no ensaio da Salgueiro...
participe!

http://migre.me/3V5Zl

bjos

Postar um comentário

 
;