07 janeiro, 2011

Flores no balcão














Deu mais alguns passos antes de parar diante da confeitaria. A loja acabara de abrir e os pãezinhos doces exalavam um aroma convidativo.

Olhou ao redor; somente duas mesas estavam ocupadas: um casal de velhinhos tiritantes e um gordinho dorminhoco. Dirigiu-se até o balcão e pediu um café. A atendente sorriu e serviu uma xícara cheia. Suas mãos tremiam, deu dois goles e pediu um pão-de-queijo. A atendente sorriu e serviu um daqueles grandes. Gotículas de puro nervosismo enfeitavam sua testa. Comia estacadamente, lançando olhares furtivos sobre o balcão lustroso, quando a atendente pigarreou, indicando a porta com o olhar. Sua cabeça girou e a garganta deglutiu a seco o último pedaço daquele pão-de-queijo. Pegou as flores amarelas em cima do balcão, respirou fundo e se levantou em direção à morte certa; ela estava sentada lendo um jornal distraidamente há menos de dois metros dali.

-beijosdacarochinha;*

8 comentários:

Carlinha disse...

vai ter continuação nê?!!
Por favor diga que sim!! =P
hauhauhauahua
Acho que não preciso nem dizer o quanto gostei...
adoro suas histórias da carochinha!! *---*

=**

Say disse...

Isso td é pra uma declaração? o.o

Queria era achar um café vazio como esse aqui na minha city, ia frequentar ele quase todo dia *o*

pequena disse...

Ai que lindo esse micro conto amiga, vc é um talento e meu orgulho rsss

bjocas amiga linda e bom domingo!

Évelin disse...

uma belezuura. sempre penso no que vou querer comer antes de morrer, acho que sorvete ou jujubas.

João disse...

Realmente muito bom, Juliana

Kakau4ever disse...

vc podia escrever um livro hein? a gnt fica na curiosidade total...rs bjoks

Arthur Neto disse...

eu acho legal essas histórias que nos dão um ar de curiosidade.. Fazem com que eu lembre de histórias reais também..
Jú, adoro seus escritos!!
beeijo!
:*

Maria Luisa disse...

Aaah continua!!!! Ficou muito bom Jú (:

Postar um comentário

 
;